Acesso à informaçãoFaltam 23 dias para a Copa

Simpósio celebra os 200 anos da chegada de Von Martius ao Brasil

Em 1817, com a comitiva da princesa Leopoldina da Áustria, desembarcou no Brasil o bávaro Carl Von Martius (1794-1868), cujas obras vieram a se tornar, até hoje, referências obrigatórias para os pesquisadores que estudam a imensa diversidade biológica do país. E para celebrar os 200 anos de sua chegada, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) promove o Simpósio Entre impérios e plantas: a viagem do naturalista Carl V. Martius ao Brasil (1817-1820), no Museu do Meio Ambiente.

Martius foi quem primeiro buscou sistematizar todo o conhecimento existente sobre as plantas brasileiras, tendo viajado pelo país durante três anos, em expedições que resultaram na coleta, catalogação e descrição de milhares de espécies, grande parte delas até então desconhecidas. Sua principal obra, a Flora brasiliensis, publicada após sua morte com a colaboração de outros cientistas, traz a descrição de mais de 22 mil espécies de plantas, e suas informações têm valor inestimável para o estudo da flora brasileira na atualidade.

A botânica não foi, porém, o único campo de interesse do naturalista. O território, a história e outros aspectos da sociedade brasileira foram também objeto de seus estudos e escritos. Assim, de setembro a dezembro de 2017, especialistas de diferentes áreas abordarão o amplo legado de Von Martius - "O pesquisador do Brasil", como ficou conhecido na Europa.

A historiadora Lorelai Kury (COC-Fiocruz) abre o Simpósio no dia 6 de setembro, falando sobre a viagem de Martius ao Brasil, com a mediação da botânica Marli Pires Morim (JBRJ). Nos encontros seguintes os convidados serão os também historiadores Alda Heizer (JBRJ), José Augusto Pádua (UFRJ) e Dominichi Miranda de Sá (FIOCRUZ), os biólogos Renato de Mello-Silva (USP) e Rafaela Forzza (JBRJ), a museóloga Luisa Rocha (JBRJ), o bibliotecário e doutorando em História Política Fabiano Cataldo (UNIRIO) e a coordenadora de iconografia do IMS, Julia Saenz Kovensky (Instituto Moreira Salles).

O simpósio é um dos eventos promovidos pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro tendo como tema as contribuições de Von Martius para o conhecimento do Brasil. Desse conjunto fazem parte também a exposição "Herbário: Ciência e arte”, no Herbário do JBRJ, e a Mesa de Conferência intitulada "A viagem de Von Martius: entre impérios, homens e plantas”, realizada em 23 de agosto, no 68º Congresso Nacional de Botânica.


Serviço
Simpósio "Entre impérios e plantas: a viagem do naturalista Carl V. Martius ao Brasil (1817-1820)".
Dias 6 de setembro, 4 de outubro, 1 e 17 de novembro e 5 de dezembro
Horário: 10h
Local: Museu do Meio Ambiente - Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Rua Jardim Botânico, 1008, Rio de Janeiro
Entrada gratuita


PROGRAMAÇÃO

6 de setembro
Título: A viagem do naturalista Carl von Martius ao Brasil (1817-1820)
Palestrante: Lorelai Kury (FIOCRUZ)
Mediador: Marli Pires Morim (JBRJ)

4 de outubro
Título: Martius e o inventário da Natureza: a Flora Brasiliensis e a atualidade de uma obra
Palestrante: Renato de Mello-Silva (USP)
Mediadora: Rafaela Forzza (JBRJ)

1º de novembro
Título: Martius, do campo ao herbário: patrimônio científico, patrimônio nacional
Palestrante: Rafaela Forzza (JBRJ)
Mediadora: Luisa Rocha (Museu do Meio Ambiente)

17 de novembro
Título: Ver, descrever e registrar: a viagem de Martius ao Brasil e a importância da manutenção de obras raras em instituições brasileiras
Palestrante: Julia Saenz Kovensky (Instituto Moreira Sales - IMS)
Palestrante: Fabiano Cataldo (UNIRIO) - “Patrimônio bibliográfico em risco: a Biblioteca Científica frente aos desafios em tempos críticos”
Mediadora: Alda Heizer( JBRJ)

5 de dezembro
Título: Von Martius e a construção do território brasileiro
Palestrante: José Augusto Pádua (UFRJ)
Mediador: André Felipe Cândido da Silva (COC-Fiocruz)

Imagem da home: Litografia de Von Martius em preto e sépia sobre papel