Acesso à informaçãoFaltam 23 dias para a Copa

História

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro – JBRJ – foi fundado em 13 de junho de 1808. Ele surgiu de uma decisão do então príncipe regente português D. João de instalar no local uma fábrica de pólvora e um jardim para aclimatação de espécies vegetais originárias de outras partes do mundo. Hoje o Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro – nome que recebeu em 1995, é um órgão federal vinculado ao Ministério do Meio Ambiente e constitui-se como um dos mais importantes centros de pesquisa mundiais nas áreas de botânica e conservação da biodiversidade.
 
Ao acompanharmos a história do Jardim Botânico do Rio de Janeiro até os dias de hoje, é possível perceber que ela tem sempre estreita relação com a agenda de interesses e preocupações em nível nacional e mundial. A própria iniciativa de sua criação era uma resposta ao contexto econômico e político em que Portugal e o Brasil, como sua colônia, estavam inseridos no início do século XIX.
 
Abaixo você tem mais informações sobre as diversas fases da história do JBRJ.
  • O surgimento dos jardins botânicos

  • A criação do Jardim Botânico do Rio de Janeiro

  • Os primeiros botânicos da instituição

  • A química agrícola e os estudos dos solos

  • O Jardim Botânico sob administração do Imperial Instituto Fluminense de Agricultura

  • Brasil República – JBRJ sob direção de João Barbosa Rodrigues

  • Estação Biológica de Itatiaia: unidade do JBRJ

  • Novas linhas de pesquisas ampliam a abrangência científica da instituição

  • A produção científica ao alcance de leigos

  • As múltiplas atividades da instituição

  • O Jardim Botânico a partir da década de 1980

  • Bibliografia